2º dia da nossa jornada pelos 10 SABOTADORES!

No post anterior expliquei sobre a grande importância de você saber quais são os seus sabotadores e te apresentei dois deles: o crítico e o insistente. O crítico sendo o mais comum, presente na razão de todos e o insistente sendo um grande perigo para nós e para aqueles ao nosso redor.

Hoje irei te apresentar outros dois sabotadores: o prestativo e o hiper-realizador:

  1. O prestativo

Sobre esse sabotador muitos me questionam com a seguinte frase, “Mas André, ser prestativo não é uma qualidade?” e a minha resposta é “Sim, ser prestativo é ótimo, porém pode causar danos quando levado ao extremo”. Seria aquele indivíduo que gasta toda a sua energia com o outro, ajudando, enaltecendo, amenizando a dor do outro e esquece das próprias necessidades, afazeres e responsabilidades. Esse sabotador deixa o sujeito sobrecarregado e paralisado, com a ilusão de que esses comportamentos nada mais são do que boas ações.

  1. O hiper-realizador

 

É aquele que quer ter realizações constantes e depende do máximo desempenho para se sentir valorizado e respeitado por si mesmo e pelos outros, ou seja, é aquele que cobra de si a perfeição e a dedicação a todo momento. Seria o famoso “workaholic”, concentrado no sucesso exterior enquanto deixa de lado outros aspectos fundamentais para uma vida equilibrada, como cuidar da saúde física e mental e socializar com amigos, companheiro(a) e família.

Conseguiu identificar em algum dos 4 sabotadores que vimos até agora? Esse é um conteúdo muito interessante e importante para a nossa tomada de consciência, pois perceber que você tem algum dos 10 sabotadores pode ser a virada de chave que irá te tirar da zona de conforto e da paralisação. Portanto, segunda que vem eu volto com o quinto e o sexto sabotador e conto com a sua leitura!

Até mais.